Terapias brandas: Programa de Psicoestimulação Integral. Alternativa terapêutica para a pessoa com doença de Alzheimer

L. Tárraga-Mestre DOI: https://doi.org/10.33588/rn.27S1.98448 OPEN ACCESS
Volumen 27 | Número S1 | Nº de lecturas del artículo 11.281 | Nº de descargas del PDF 1.741 | Fecha de publicación del artículo 01/12/1998
Icono-PDF-OFF Descarga PDF Castellano Citación Buscar en PubMed
Compartir en: Facebook Twitter
Ir a otro artículo del número
RESUMEN Artículo en español English version
A ausência de uma visão global e ecológica da pessoa com demência e a desvalorização das suas capacidades residuais, têm sido as principais causas da redução do tratamento não farmacológico a um simples cuidado social destes doentes. O modelo teórico do processo involutivo da doença de Alzheimer, na vertente psicológica, determina o fundamento científico na qual se devem desenvolver as terapias cognitivas. Desta forma, a plasticidade neuronal, a psicoestimulação cognitiva e as técnicas de modificação comportamentais são os pilares nos quais se baseia o Programa de Psicoestimulação Integral (PPI) para a reabilitação do doente com demência nos estádios leve e moderado. O profundo conhecimento da história biopsicosocial do doente, a evolução clínica do processo, assim como o estado das funções cognitivas preservadas facilitam a preparação de programas individuais de estimulação. A melhoria clínica funcional e instrumental, obtidas através da aplicação do PPI, ao longo de 54 semanas, faz deste um bom instrumento terapêutico para a melhoria cognitiva, equilíbrio emocional e socialização do doente com demência. O tratamento das demências deve ser global, incidindo tanto no processo neuronal e controlo de factores de risco, como na funcionalidade do indivíduo, atrasando o processo involutivo, favorecendo a resposta plástica do sistema nervoso estimulando a sua homeostase emocional e a do seu ambiente familiar Palabras claveDemênciasDoença de AlzheimerPrograma de Psicoestimulação IntegralTerapias brandasTratamento não farmacológico CategoriasDemenciaNeurodegeneraciónNeuropsicologíaNeuropsiquiatríaPatología vascular
TEXTO COMPLETO (solo disponible en lengua castellana / Only available in Spanish)